Cidades pantaneiras: quais as 4 principais que você deve conhecer?

Está pesquisando seu próximo destino de férias, mas não conseguiu encontrar nada realmente diferente? Isso é porque você ainda não viu nossas dicas das mais incríveis cidades pantaneiras do Mato Grosso!

Neste artigo, apresentaremos 4 cidades pantaneiras perfeitas tanto para quem está em busca de um turismo de aventura, como para quem só deseja estar em contato com a natureza e relaxar. Continue a leitura e descubra quais são elas!

1. Poconé

A cidade de Poconé é a porta de entrada para o Pantanal mato-grossense. É lá que se inicia a famosa ecovia Transpantaneira, que em seus 145 quilômetros de extensão concede aos turistas o privilégio de observar de perto animais como jacarés, cervos, capivaras, tuiuiús e, com um pouco de sorte, até onças-pintadas.

A melhor época para visitar a região é entre maio e setembro, quando as águas baixam e os animais saem em busca de alimentos. São realizados passeios como as focagens noturnas, cavalgadas e até saídas de bicicleta para observação da fauna e flora.

O folclore da cidade de Poconé é uma atração à parte. As festas realizadas nos meses de maio e junho, como a Cavalhada, a intrigante Dança dos Mascarados e a Festa do Divino ainda mantêm os ritos tradicionais e valem a pena serem prestigiadas.

E não deixe de experimentar o típico e delicioso bolinho de arroz de Poconé, feito com arroz socado no pilão, mandioca, coco ralado, leite, açúcar, manteiga e canela.

2. Cáceres

O ecoturismo e o turismo de pesca são dois grandes atrativos da cidade de Cáceres. Inclua em seu roteiro um passeio panorâmico de barco pelo rio Paraguai, observe animais silvestres e ninhos de pássaros pelas margens e se encante com um maravilhoso pôr do sol refletido nas águas ao fim do dia.

Todos os anos a cidade sedia o famoso Festival Internacional de Pesca, que atrai milhares de turistas e foi considerado o maior do mundo.

Tombada como Patrimônio Cultural e Histórico Nacional, Cáceres preserva sua memória e arquitetura da época colonial em alguns de seus pontos turísticos mais visitados, como o Marco do Jauru e as Fazendas Descalvados e Jacobina.

3. Barão de Melgaço

Para quem procura tranquilidade, essa típica cidade pantaneira é uma excelente escolha. Barão de Melgaço conquista os turistas na chegada, com sua beleza natural e a trilha sonora de uma diversidade de pássaros.

Nos passeios de barco pelas Baías de Chacororé — a terceira maior do país — e de Siá Mariana a vista é magnífica e a chance de avistar jacarés, capivaras, ariranhas e outros animais do local é grande. Pelo rio Mutum os aguapés enfeitam as águas como um tapete natural.

Para repor as energias, nada melhor do que conhecer a culinária local e experimentar a paçoca de pilão e a maria izabel, um saboroso prato de carne com arroz, primeira refeição do dia dos peões pantaneiros.

4. Santo Antônio do Leverger

Um dos destaques do município de Santo Antônio do Leverger é o passeio pelo Caminho das Águas. Um percurso a barco que, além da observação natural, oferece a oportunidade de conhecer antigas usinas de álcool e açúcar da região, como as de Itaici, Tamandaré e das Flechas.

Para quem curte esportes de montanha, o Morro de Santo Antônio é uma boa opção. A subida íngreme é recompensada por uma paisagem deslumbrante que vai até onde a vista alcança.

Na região está também o Parque Estadual de Águas Quentes, um paraíso de preservação natural e estância hidromineral criado com o objetivo de preservar a área que conta com um dos biomas mais ricos do mundo.

As 4 cidades citadas têm fácil acesso partindo de Cuiabá, mas não deixe para programar sua viagem na última hora. O clima altera bastante o meio ambiente da região pantaneira, portanto, pesquise com antecedência.

A beleza natural exuberante dessas cidades pantaneiras garante momentos inesquecíveis, diferente de qualquer outro lugar. Além disso, os patrimônios históricos, sua cultura e gastronomia também são valiosos, não deixe de conhecê-los e de se sentir parte desse povo maravilhoso e hospitaleiro.

Você já conhecia alguma dessas cidades pantaneiras? Deixe seu comentário e nos conte como foi sua experiência no Mato Grosso!

Comments

comments



Assine nossa Newsletter





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish