Viagem pela primeira vez ao Pantanal : conheça 6 dicas para se planejar

Planejando viagem ao Pantanal

🕗 Atualizado em 22/10/2019

Você está planejando sua primeira viagem para o Pantanal e começam a surgir dúvidas sobre como montar o roteiro, o que levar na mala e como escolher sua hospedagem?

Existem paisagens exuberantes em nosso Centro-Oeste, mas muitos desconhecem a beleza que há nessa região. A experiência de estar em um lugar como esse é única e valerá muito a pena investir tempo e dinheiro nessa viagem inesquecível.

Porém, a ansiedade de conhecer um destino tão encantador não pode nos deixar cometer erros por falta de planejamento. Por isso, fizemos este texto para ajudar com esses detalhes que farão toda a diferença em sua viagem. Acompanhe com a gente!

1. Pesquise sobre a região antes de montar seu roteiro

O Pantanal é um ambiente de vida selvagem, com clima bastante quente durante o dia e frio à noite (principalmente no inverno). Em algumas épocas do ano, geralmente de novembro até junho, é comum que chova bastante.

Chegando ao destino, já na Transpantaneira, você encontrará com facilidade diversos animais circulando por ali, como jacarés e capivaras. Assim, já terá uma prévia do que vem pela frente. Prepare seu roteiro tendo em mente esses aspectos da região. Separe um dia para passear de barco, preferencialmente à tarde, ver o pôr do sol e fechar o dia da melhor maneira possível.

Também ande a cavalo nas regiões mais alagadas e conheça de perto a fauna e a flora local, especialmente o Tuiuiú, ave símbolo do Pantanal. Você poderá também fazer um passeio noturno, uma espécie de safári e, se tiver sorte, encontrará a onça-pintada.

2. Prepare o roteiro

Agora que conheceu melhor a região e comprou a passagem do avião ou ônibus, não tem como voltar atrás. Sabemos que vem um pânico inicialmente, mas depois tudo passa, e o entusiasmo toma conta da viagem para o Pantanal. Chega a hora de saber o que vamos fazer e é o momento em que mais gastamos tempo.

É muito comum pegarmos mapas, livros e revistas que servem de guia e, sem dúvida, a mais utilizada atualmente, a internet. Isso acontece porque queremos aproveitar ao máximo o lugar e convenhamos: ficar com aquela sensação de que havia algo magnífico para conhecer e não sabíamos é horrível, concorda? Então, não tenha pressa para olhar as mais variadas atrações que existem.

Logo após pesquisar mais sobre a região e escolher onde quer ir na viagem ao Pantanal, é bom montar com cuidado o roteiro. Delimitar os dias em cada cidade é importantíssimo, e, caso queira acampar em locais próprios para fazer trilhas, passeios na mata, entre outras atividades puxadas em meio à natureza, é melhor separar mais tempo para essa parte.

Ou seja, é interessante selecionar um roteiro no qual saiba exatamente o que vai fazer em cada lugar que visitar, para não perder tempo e dinheiro. Deixar um espaço para qualquer imprevisto também é uma boa ideia.

3. Escolha um hotel confiável e de qualidade

Mais uma vez, esse detalhe fará diferença em sua viagem para o Pantanal, pois é na hospedagem que terá o apoio antes e após cada passeio, e, principalmente, descansará depois de um dia cheio de novas experiências.

Por isso, na hora de escolher o hotel, leve em conta as avaliações feitas pelos turistas recentes e escolha o que for mais confiável e com a qualidade que merece. Não necessariamente o preço deve definir sua hospedagem, mas sim o custo-benefício, ou seja, a localização, as comodidades oferecidas, o atendimento, entre outros detalhes.

Na cidade de Poconé, no coração do Pantanal, você encontrará opções de hospedagem que atenderão às suas expectativas em qualidade. Mais uma vez, torna-se fundamental o seu planejamento, para que as melhores opções ainda estejam disponíveis na época da sua viagem ao Pantanal.

4. Faça uma mala prática e eficiente

Esse é um dos momentos mais importantes da viagem, fazer as malas! Agora começa a contagem regressiva para partir, e a melhor forma de arrumá-la é separando os itens em um canto aos poucos, à medida que for lembrando o que tem que levar. Se não fizer isso, terá que refazer a bagagem toda para colocar outros itens necessários.

Não há necessidade de exagerar na quantidade de roupas e calçados, o mais importante é que eles sejam adequados para sua viagem, que apresenta particularidades. Leve pelo menos um agasalho para passeios noturnos, pois a região costuma esfriar bastante.

Calçados confortáveis para caminhadas e que protejam os pés são os mais adequados. Podem ser tênis, botas de trilha ou coturno. Para os passeios durante o dia, leve roupas confortáveis e frescas como camisetas, bermudas e blusas com manga curta, porque costuma fazer bastante calor.

O mais importante é não esquecer o protetor solar, repelente, óculos de sol, boné ou chapéu. Assim você estará protegido do sol e poderá curtir todos os passeios com tranquilidade.

5. Leve medicação e remédios

Mesmo com paisagens tão belas e lugares exuberantes, passar mal no meio da viagem para o Pantanal, mesmo que seja uma simples indigestão, é desanimador. Dessa forma, alguns remédios e equipamentos de primeiros socorros são sempre bem-vindos em nossa mala.

São exemplos de medicamentos que podem ser levados:

  • antitérmicos;
  • antialérgicos;
  • medicação digestiva para enjoo, diarreia e azias;
  • medicamentos contra dor muscular;
  • medicamentos habituais, se for o caso de usá-los diariamente.

Não é recomendado levar antibióticos, pois envolve prescrição médica. Além disso, os remédios devem ser levados em pequena quantidade, pois não precisa de tanto peso no passeio. Essas medicações podem ficar dentro da bolsa de higiene pessoal, para não misturar com outros produtos.

6. Prepare os documentos

Não menos importante, os documentos de identificação pessoais são essenciais para uma estadia segura e sem maiores complicações. Assim, aqueles mais importantes para a viagem são:

  • RG (Carteira de Identidade);
  • CNH (Carteira de Habilitação), caso possua, ou;
  • Carteira de Trabalho.

Quando o passeio é feito na companhia de crianças, pode ser levado a Certidão de Nascimento original ao invés da Carteira de Identidade. Caso seja somente o responsável por ela, terá que levar uma permissão dos pais consigo.

Podemos perceber que fazer esse tipo de programação não é tão difícil quanto parece. Após as nossas dicas, ficou muito mais fácil, não é mesmo? Então, basta colocá-las em prática e fazer um passeio incrível!

Agora que já sabe tudo sobre uma viagem para o Pantanal, mesmo que seja sua primeira vez, não perca tempo e entre em contato conosco para saber tudo o que aguarda você por lá!

Comments

comments



Assine nossa Newsletter





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish