Os 5 pontos turísticos de Cuiabá que você precisa conhecer

🕗 Atualizado em 22/10/2019

Viajar inclui conhecer pontos turísticos, a gastronomia e as particularidades de cada cidade. Se você pretende ir para uma região cheia de beleza, cenários naturais e patrimônios históricos, tem que incluir a capital do Mato Grosso ao seu roteiro.

Os pontos turísticos de Cuiabá oferecem ótimas oportunidades para apreciar as riquezas naturais e conhecer a história local. Situada em uma área cercada por paisagens encantadoras, como a Chapada dos Guimarães e o Pantanal Matogrossense, a cidade atrai milhares de turistas todos os anos.

Com tantas opções dentro e fora da capital, o ideal é se planejar para não deixar de conhecer os pontos turísticos de Cuiabá. Acompanhe nosso post e descubra os lugares que você precisa visitar!

1. Sesc Arsenal

O Centro Cultural Jamil Boutros Nadaf, também conhecido como Sesc Arsenal, é um dos principais espaços culturais do Mato Grosso. O local conta com várias opções de lazer para os visitantes, como:

  • centro de Difusão e Realização Musical;
  • cinema;
  • galeria de artes;
  • teatro;
  • biblioteca adulta e infantil;
  • sala de dança;
  • ateliê de artes.

Também inclua no passeio a visita à Casa do Artesão, que tem salas temáticas (como Pantanal, tribos e capital). Nesse centro de artesanato, é possível adquirir artigos regionais como cerâmicas, arcos, flechas e doces típicos, como o furundu — tradicional de Cuiabá, feito com mamão verde ralado e melado de cana.

2. Parques

Com fauna e flora diversificadas, os parques são importantes pontos turísticos de Cuiabá. Esses locais oferecem muitas alternativas de lazer, além de uma boa infraestrutura para apreciar a natureza. Confira algumas opções a seguir!

Parque Mãe Bonifácia

O maior parque urbano da cidade tem aproximadamente 80 hectares, sendo rico em espécies de flora típica do cerrado e animais, como o sagui e outros pequenos primatas. O local é composto por cerca de 90% de mata nativa preservada.

Nele, é possível andar pelas pistas de caminhada, fazer trilhas e utilizar os aparelhos de ginástica, a área infantil ou o centro de educação ambiental. O nome do parque é uma homenagem à escrava refugiada e curandeira conhecida como Mãe Bonifácia.

Parque Estadual Massairo Okamura

Com 54 hectares, o parque é uma das áreas de preservação mais admiradas da capital. Situado em uma área de proteção ambiental, permite que o visitante aprecie a vegetação nativa típica do cerrado, além dos cursos d’água advindos de suas nascentes.

O local impressiona não só pela paisagem como também pela organização e estrutura impecável para a prática esportiva e o lazer. Há uma trilha de dois quilômetros, ideal para caminhadas, além da área urbanizada com sanitários públicos, centro de educação ambiental, mirante e palco para atividades comunitárias.

Ao visitar o parque, não deixe de conhecer a Praça Nações Indígenas. Seu formato, inspirado no desenho da Aldeia Bororó, é uma homenagem aos povos indígenas que habitaram o estado.

Parque Tia Nair

Inaugurado em 2007, o parque é considerado um dos mais belos cenários de Cuiabá. Com ampla área de estacionamento, o local também abriga um mirante com uma bela visão do lago. A dica é apreciar essa vista durante a noite, já que o funcionamento é diário e vai até às 23 horas.

Também é oferecida uma ampla infraestrutura para o lazer e a prática de esportes. Entre suas opções, destacam-se:

  • estações de ginástica;
  • quadras poliesportivas;
  • pista de cooper;
  • ciclovia e bicicletário;
  • academia da terceira idade;
  • praça do skate;
  • playgroung.

3. Aquário Municipal

Entre os pontos turísticos de Cuiabá, o Aquário Municipal se destaca por proporcionar ao visitante o contato com 20 espécies aquáticas da bacia do Pantanal. Entre elas, estão: pacu, piranha, jaú, cachara e tartarugas. Trata-se de um ótimo local para levar as crianças e garantir a diversão em família.

4. Museus

Conhecer um museu permite revisitar o passado e se aproximar das características de um povo, lugar ou época. Quer saber mais sobre a história e a cultura matogrossense? Selecionamos algumas atrações que não podem ficar de fora do seu roteiro.

Museu da Imagem e do Som de Cuiabá (MISC)

O museu, inaugurado em 2006, abriga documentos fotográficos e sonoros que mostram o cotidiano da cidade desde 1910 até os dias de hoje. O acervo conta com imagens feitas pelos fotógrafos Eurípedes Andreato e Lázaro Papazian, além de discos de vinil, fitas de vídeo VHS e fitas cassete. Essa é uma das construções mais significativas do município e recebe cursos, oficinas ou exposições durante o ano.

Museu Histórico de Mato Grosso

O Museu Histórico de Mato Grosso está localizado no prédio original do Tesouro Nacional. O espaço abriga esculturas e retratos de Marechal Rondon.

Sua exposição permanente conta a história do Mato Grosso nos mais diversos períodos do país. O museu também oferece sarau, oficinas de teatro, música, bazares, artesanatos, cafeteria e exposições temporárias.

Museu do Morro da Caixa D’água Velha

Quer conhecer a história de Cuiabá? Este é o lugar certo! O espaço em si já remete ao passado da cidade — mais especificamente ao funcionamento das galerias subterrâneas, primeiro sistema de abastecimento de água da capital.

Construído no século XIX, o Morro da Caixa D’Água foi o único reservatório de água da cidade durante 142 anos e tornou-se museu em 2007. Bem organizado, o local apresenta a história do município em fotos, além de ter um acervo de objetos.

5. Igrejas

Importantes pontos turísticos de Cuiabá, as igrejas também são formas de conhecer a história e a religiosidade local. A cidade tem belas igrejas históricas que datam do século XVIII e encantam pela arquitetura e riqueza de detalhes. Confira!

Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

Um dos marcos de fundação da cidade de Cuiabá, essa igreja foi construída em 1730, onde funcionava a mais produtiva mina de ouro da região. Exemplar da arquitetura barroca, seus altares têm ricos detalhes de talha dourada e prateada, únicos no Brasil.

A construção foi tombada pelo IPHAN em 1975 e também integra o perímetro tombado do Centro Histórico de Cuiabá. A igreja é famosa pela Festa de São Benedito, a mais longa festividade religiosa do estado.

Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus do Cuiabá

Também localizada no Centro Histórico de Cuiabá, a Catedral é outro marco histórico da capital. Construída em 1722, como requisito para a fundação da vila que mais tarde originou a cidade, o local acompanhou todo o processo de urbanização e modernização da capital.

A construção passou por várias reformas no decorrer dos anos e hoje traz características modernas, sendo sua arquitetura marcada por duas torres (cada uma com um relógio). Outro atrativo da Catedral é a cripta. Localizado no subsolo da igreja, esse é o lugar onde estão sepultadas autoridades da Igreja Católica do estado, além dos fundadores da cidade.

Viu só quantas opções você encontra nos pontos turísticos de Cuiabá? Para aproveitar suas férias da melhor forma e garantir a diversão da família, reserve um tempo para conhecer a cidade e se surpreender com as belezas que só o Mato Grosso oferece!

Gostou deste conteúdo? Então, siga nossas redes sociais (Instagram e Facebook) para conferir outras dicas imperdíveis sobre o turismo no Mato Grosso.

 

Ebook - Por que escolher mato grosso para sua próxima viagem?

Comments

comments



Cadastre-se para ficar por dentro das nossas promoções e ofertas





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish