Transpantaneira: conheça a estrada que leva ao Pantanal

O interesse dos viajantes pelo Mato Grosso vem crescendo no país. Não é por menos: o estado é rico em biodiversidade, sendo cortado por três biomas distintos. Para quem deseja conhecer o pantanal, é preciso descobrir sobre o principal acesso: a Transpantaneira.

Neste texto, você conhece a história, a extensão e algumas características da importante rodovia. Bem-vindo a uma viagem de muitas cores e cheiros. Leia agora mesmo!

Que 4 coisas saber sobre a Transpantaneira?

1. História

A rodovia foi criada na época em que o Brasil vivia um “milagre econômico”. Essa história começa nos anos 1970, com o objetivo de transformar a planície em uma rodovia que recebesse os produtos da agricultura.

Mas o plano original falhou e hoje a estrada é uma maneira de os turistas observarem a riqueza natural sem depredar o ecossistema pantaneiro.

2. Extensão

Não é ao acaso que a Transpantaneira é importante para quem se desloca pelo Mato Grosso. A via é monumental: são 145 km de terra (apesar de alguns trechos estarem asfaltados) e 125 pontes que possibilitam a travessia entre Poconé e o distrito de Porto Jofre, o qual está na divisa com o Mato Grosso do Sul.

3. Características

Você pode estar se perguntando por que uma estrada deve ser conhecida, não é mesmo? Porém, a pergunta tem uma simples resposta: a Transpantaneira é extraordinária porque corta o pantanal.

As planícies alagadas às margens da rodovia são o verdadeiro habitat de jacarés, capivaras, garças, veados, gaviões, martins-pescador e outros animais da selva.

Se você escolher visitá-la no período da seca, que se estende de abril a novembro, vai dar de cara também com araras e tucanos no céu mato-grossense.

Como chegar à Transpantaneira e onde ficar?

Bom, você já está por dentro da história da famosa Transpantaneira, mas como chegar até ela? A dica para quem vem de longe e para quem mora na região do Centro-Oeste é sair de Cuiabá de carro, uma vez que Poconé está a 100 quilômetros da capital estadual.

Como a pista quase não tem curvas, você logo chegará ao seu destino, observando a vista adorável na janela. E para admirar melhor as belezas do pantanal, nada como a infraestrutura hoteleira!

4. Hospedagem

Existe uma opção para você curtir o ecoturismo e conseguir relaxar o máximo de tempo no pantanal. Para quem está fazendo o trajeto pela Transpantaneira, o Pantanal Mato Grosso Hotel é indicado, pois está às margens do rio Pixaim, no distrito de Porto Jofre (Poconé).

Além disso, a diária (cujo check-in pode ser feito desde as 9h) já inclui todas as refeições com comida regional e passeios de barco, caminhada, cavalgada e trilhas para você se sentir próximo da natureza.

Neste texto, você entendeu a história, a extensão e outras curiosidades sobre a rodovia MT-060, popularmente chamada de Transpantaneira. Além disso, descobriu como chegar até lá e qual opção de hospedagem escolher para observar de pertinho esse bioma único no país.

Após desbravar uma das principais vias de acesso à fauna e à flora do pantanal, que tal mostrar aos seus amigos essa maravilha do nosso país compartilhando este artigo nas suas redes sociais?

 

Comments

comments



Assine nossa Newsletter





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish