Serra de São Vicente: conheça os 4 atrativos da região

Os atrativos turísticos do Mato Grosso vão muito além da Chapada dos Guimarães e do Pantanal. A Serra de São Vicente, por exemplo, é um verdadeiro paraíso ainda pouco conhecido e explorado no estado. Suas belezas e curiosidades são muitas e podem completar ainda mais seu roteiro de viagem pela região.  

Neste post, separamos algumas dicas imperdíveis de como você chega lá e o que tem de melhor para desfrutar nas cidades próximas desse paraíso no Centro-Oeste. Quer conferir? Continue a leitura e se surpreenda com o que te espera. 

1. Parque Estadual de Águas Quentes 

O primeiro atrativo da lista não poderia ser outro. A região está localizada em uma enorme estância hidromineral, no qual é possível aproveitar de um cenário incrível entre a natureza e obras do ser humano.

Dentro do parque, você pode se hospedar em um hotel sustentável com piscinas de águas quentes e uma estrutura toda montada em harmonia com o meio ambiente. Um lugar ideal para pessoas apaixonadas por aventura e também para famílias que buscam relaxar e se divertir dentro de uma reserva natural. O local fica a cerca de 85 km da capital Cuiabá e seu acesso se dá pela BR-364. 

2. Tangará da Serra 

Um vale com rios, cachoeiras e grutas contemplam o cenário do município de Tangará da Serra. A cidade respira turismo e aventura. Pelas suas enormes quedas d’água é possível se banhar em cascatas revigorantes, praticar rapel ou, simplesmente, admirar a grandeza e volume dos rios.

Hotéis e restaurantes completam a estrutura para receber turistas de todo os cantos. Para quem sai de Cuiabá, precisa percorrer cerca de 240 km para chegar à cidade. 

3. Jaciara 

Próximo da Serra de São Vicente fica a pequena cidade de Jaciara, que recebe o apelido de Capital dos Esportes Radicais. E não é para pouco. Todo o ser corredor natural em meio ao cerrado mato-grossense e seus volumosos rios são um convite à aventura. 

Quem pretende se aventurar nos botes pelas correntezas do Rio Tenente Amaral não terá dificuldade em achar agências de ecoturismo oferecendo o passeio. Rapel, trilhas e trekkings também podem ser praticados em diversos lugares da região. 

4. Nobres 

Prepare-se para mergulhar nas águas mais cristalinas que você já viu na vida. O município de Nobres é parada obrigatória para quem visita o Mato Grosso. Quem está na Serra de São Vicente precisa retornar para Cuiabá e depois seguir pela MT-010 por pouco menos de 2 horas de estrada.

São piscinas naturais e cachoeiras azuis extraordinárias. Os encantos não se limitam somente a essas maravilhas. Grutas, cultura, culinária e diversos registros arqueológicos tornam essa região mágica e de uma beleza única. 

Essas são algumas dicas para quem pretende visitar a Serra de São Vicente e suas regiões vizinhas. Sem dúvidas, esses lugares vão complementar ainda mais sua viagem ao Mato Grosso e deixar aquela vontade de ficar lá para sempre. 

Curtiu o post? Quer arrumar as malas e embarcar agora mesmo para o Centro-Oeste? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro do que há de melhor no Mato Grosso.

Comments

comments



Assine nossa Newsletter





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish