Turismo no Mato Grosso: 12 destinos para se apaixonar

Mato Grosso Destinos

🕗 Atualizado em 10/01/2020  

Se existe uma marca do nosso Brasil, essa é sua diversidade natural. Para você ter uma ideia, somente o Mato Grosso conserva três biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal. Trata-se do único estado a ter esse privilégio! Por isso, você deve considerar incluí-lo em seu roteiro de férias e surpreender-se com Mato Grosso destinos.

São mais 141 municípios no estado, e as diversas regiões têm particularidades e características distintas. Mato Grosso já foi território espanhol antes de ser anexado ao Brasil, além de ter fortes raízes indígenas. A cidade de Cuiabá foi formada a partir do Arraial da Forquilha, fundado em 1719.

Dar um passeio pelo centro histórico, nadar em rios de águas cristalinas, observar diversas espécies de aves e deliciar-se com os pratos preparados com peixes da região são algumas das opções que você terá por lá. Confira, agora, os 12 melhores pontos turísticos do Mato Grosso!

1. Cuiabá

A capital do Mato Grosso, Cuiabá, vai agradar aos turistas que gostam de atividades culturais, apreciar arquiteturas coloniais e degustar boa gastronomia. Não deixe de visitar os casarões e as igrejas antigas do centro histórico.

Que tal conhecer o rico artesanato do estado mais de perto? Para tanto, visite a Casa do Artesão — o passeio será encantador. Sem dúvidas, Cuiabá é uma ótima porta de entrada para o Mato Grosso. É onde você terá os primeiros contatos com a cultura e a diversidade desse estado maravilhoso.

2. Chapada dos Guimarães

A 70 km de Cuiabá, há a Chapada dos Guimarães, um dos principais destinos de ecoturismo do estado. Prepare-se para se apaixonar por paisagens incríveis, cachoeiras e paredões de pedra (tudo isso com muita tranquilidade).

A Chapada é o lugar perfeito para contemplar a imensidão da natureza e relaxar. Uma das atrações mais famosas é a Cachoeira Véu de Noiva. É possível hospedar-se nos confortáveis hotéis de Cuiabá e, de lá, explorar a região da Chapada.

3. Nobres

Com uma beleza natural surpreendente, Nobres é um dos pontos turísticos do Mato Grosso preferidos pelos amantes de turismo de aventura. Por lá, você pode:

  • fazer flutuação em rios de águas cristalinas;
  • observar várias espécies de peixes;
  • praticar boia-cross;
  • conhecer algumas cachoeiras;
  • fazer tirolesa e muito mais.

As atrações mais famosas ficam no distrito de Bom Jardim, a cerca de 150 km de Cuiabá. Aproveite para conhecer o Aquário Encantado e a Cachoeira da Serra Azul, além dos Rios Triste e Salobra. Sem dúvidas, você vai se impressionar com a exuberância desses lugares.

4. Pantanal

Sabia que parte do Pantanal fica no Mato Grosso? Conhecer um dos ecossistemas mais diversos do mundo, com mais de mil espécies de animais e quase duas mil de plantas, é bem fácil. A apenas 100 km de Cuiabá, você já terá acesso a algumas atrações da região pantaneira.

O Pantanal é perfeito para a observação de animais, como jacarés, garças, gaviões, tamanduás e até onças-pintadas. E, por ser a maior planície alagável do mundo, a vasta possibilidade de roteiros surpreende seus visitantes.

São cenários deslumbrantes, que misturam natureza e tradição. Isso tudo cercado de uma infraestrutura hoteleira completa, gastronomia deliciosa e passeios imperdíveis, que podem ser feitos a pé ou com cavalos, jipes e barcos. Essa é uma experiência de viagem única!

5. Jaciara

A cidade de Jaciara fica a 145 km de Cuiabá. Templo dos esportes radicais, o município tem dezenas de cachoeiras, corredeiras e grutas dedicadas a elevar a adrenalina ao máximo em terras mato-grossenses.

Toda essa emoção tem um endereço: são as Thermas Cachoeira da Fumaça e sua queda de 30 metros de altura. Nelas, os visitantes podem praticar rafting e rapel, além de nado, mergulho, trilha e outras opções que tornarão suas férias inesquecíveis.

Não bastasse toda a generosidade da natureza com Jaciara, a cidade ainda conserva o Sítio Arqueológico Vale das Perdidas. Trata-se de um excelente programa para ver de perto pinturas rupestres de mais de 3 mil anos.

6. Vale do Araguaia

Quem disse que o Centro-Oeste brasileiro não tem uma bela praia? Você precisa conhecer o Vale do Araguaia, localizado entre as fronteiras dos estados do Mato Grosso e Goiás, a 518 km de Cuiabá.

São 34 municípios que preservam aldeias indígenas, cachoeiras, rios, grutas e a Praia da Arara. Com água doce, além de areia branquinha e fofa, esse é um dos pontos turísticos do Mato Grosso que não podem ficar de fora de seu roteiro.

Se você também curte misticismo, é no Vale do Araguaia que ficam as Serras do Roncador e Azul. Ambas são consideradas, por ufólogos e esotéricos, regiões de contato com extraterrestres.

7. Amazônia

A imensidão da Amazônia não se restringe ao estado do Amazonas, como muita gente pensa. O Mato Grosso também sedia parte desse tesouro mundial.

Outra visita memorável é conhecer a cidade de Alta Floresta. Sede do Parque Estadual do Cristalino, a região é a casa de 60% das espécies das aves brasileiras!

Trata-se de um verdadeiro deleite para quem aprecia o ecoturismo, a pesquisa e a observação. A quase 800 km de Cuiabá, o destino conta com hotéis e pousadas qualificados para atender à demanda dos amantes da natureza.

8. Cáceres

A 214 km de Cuiabá, fica o local de pesca mais conhecido do Mato Grosso. É Cáceres, que atrai pescadores esportivos do mundo inteiro. Isso acontece graças à abundância de espécies e às águas propícias para essa prática. Paraguai, Cabaçal e Jauru são alguns dos rios que cortam a região e oferecem peixes como pacu e dourado.

A fauna rica do município propicia o turismo ecológico, mas também tem passeios históricos em sítios arqueológicos e no centro urbano. Entre as atrações estão a Praça Barão do Rio Branco, Catedral São Luiz e outros pontos turísticos.

Mas quem prefere só observar também não vai se arrepender de inserir a cidade de Cáceres no roteiro. Isso porque existem muitas atividades disponíveis para pessoas de todas as idades, como visitas a sítios arqueológicos, passeios por lugares históricos e alta gastronomia.

9. Vila Bela da Santíssima Trindade

Você não poderia deixar de fora da sua visita o local que foi a primeira capital do estado. Com fortes traços da cultura negra, a Vila Bela é um lugar histórico. Localizada na fronteira com a Bolívia, bem às margens do Rio Guaporé, a cidade tem uma serra que atrai por suas incríveis cachoeiras.

Para quem gosta de se aventurar, essa é a pedida certa. Há muitas trilhas e partes quase inexploradas, mas que escondem belezas naturais únicas. Uma das alternativas é a Cachoeira do jatobá, que, para ser acessada, se deve percorrer uma caminhada de 3h30. A vista a mais 200 metros de altura é recompensadora!

Um dos passeios mais conhecidos é a Cachoeira dos Namorados, perfeita para viagem em casal. O período chuvoso, que vai de abril a junho, é o mais indicado, pois em outras épocas a tendência é que as cachoeiras fiquem secas.

10. Serra do Roncador

Essa é uma imensa cordilheira no meio do Brasil, tendo cerca de 800 km de extensão e chegando a atingir 700 metros de altitude em alguns lugares. Iniciando no Vale dos Sonhos, no estado de Mato Grosso, ela se estende até bem perto da Serra do Cachimbo, já no Pará.

A serra recebeu o nome “roncador” devido ao som produzido pelo vento ao passar pelas rochas à noite. O som grave lembra uma pessoa roncando, fazendo com que o local fosse batizado assim.

Por lá, há o Park Portal do Roncador, que conta com um ponto muito conhecido: o Dedo de Deus. Essa é uma formação rochosa com várias cachoeiras e cavernas, além de um mirante.

11. Primavera do Leste

Se você procura por um local incrível para praticar mergulho, Primavera do Leste é o destino certo para você! A uma altura de 636 metros acima do nível do mar, entre os principais passeios, está a Lagoa da Lua.

Com uma água de azul cristalino, a “Lagoa Azul” recebe muitos visitantes que amam mergulho e fica a apenas 25 km de Primavera do Leste. São 8 metros de profundidade com uma temperatura de 26 graus.

12. Campo Novo do Parecis

Um terço do território de Campo Novo do Parecis é composto por terras indígenas. Com isso, boa parte das atividades da região é feita baseada nessa realidade. Entre eles, estão passeios para visitar aldeias e conhecer cachoeiras.

Cortada por mais de 6 rios, a cidade também tem como forte a prática esportiva. Para os aventureiros, tem o rapel no Santo Utiariti e a uma queda d’água com 85 metros de altura. Há também o Balneário Rio Verde e a Cidade da Pedra, com rochas de 20 metros, localizada no Chapadão do Parecis.

São muitos os motivos que fazem dessa parte do Brasil uma região especial. O estado oferece opções variadas, que agradam a todos os tipos de viajantes. Você pode explorar a história e a gastronomia da capital, além de aproveitar o ecoturismo e a aventura em seu interior.

Como você viu neste artigo, não faltam motivos para definir essa região do Brasil como destino de sua próxima viagem, não é mesmo? Explorar Mato Grosso destinos certamente trará memórias inesquecíveis e recarregará suas energias. E tamanho contato com a natureza deixará suas férias ainda mais exclusivas.

Quer intensificar sua experiência nesse estado fantástico? Então, confira as vantagens de ficar em um hotel com águas termais!

Comments

comments



Assine nossa Newsletter





Acompanhe a Rede de Hotéis Mato Grosso nas Redes Sociais

EnglishFrenchPortugueseSpanish